Você está aqui: Página Inicial Apoio à paciente Mamografia

Mamografia

A televisão e os jornais noticiam, muitas vezes dramaticamente, o aumento da incidência do câncer de mama em mulheres de todas as idades, inclusive entre mulheres abaixo de 40 anos. Infelizmente, os meios de comunicação muitas vezes oferecem informações equivocadas sobre doenças graves e o melhor modo de preveni-las. Para o câncer de mama, a ciência já sabe que o melhor método para pesquisar e localizar pequenas lesões, que podem ser tratadas e curadas, é a realização de mamografias periódicas.
O que é mamografia?
Mamografia é uma espécie de raio-X desenvolvido e adaptado especialmente para as mamas. O exame básico tem 2 posições para cada mama, resultando em 4 filmes. Algumas vezes são necessárias outras posições, conforme o que foi encontrado nas iniciais. Isso não significa necessariamente que a paciente tem algum problema, e sim que o médico que está vendo o exame necessita de mais informações para concluir seu laudo.
Mamografia dói?

Durante a realização do exame, é necessário comprimir as mamas entre 2 peças do aparelho. Esta compressão deve ser realizada devagar e com suavidade, até atingir a medida necessária. Muitas pacientes se queixam de dor durante essa compressão. Esse incômodo varia muito entre as mulheres, algumas se sentindo completamente bem e confortáveis, outras se sentindo “esmagadas”! Sabe-se que algumas fases do ciclo menstruam influenciam nesse desconforto, de modo que é melhor fazer o exame sempre na semana posterior ao ciclo menstrual, quando as mamas não estão tão sensíveis. Além disso, a habilidade do profissional técnico que posiciona a paciente para o exame conta muito. É importante dizer que, ao fazer o exame pela primeira vez, a mulher tente permanecer tranqüila e afastar os preconceitos contra o exame. Afinal, é como ir ao dentista: alguns não se incomodam, outros odeiam, mas todos sabem o quanto é importante.
Se minhas mamas estão normais, a partir de qual idade devo fazer a mamografia?
Se a mulher não sente nada nas mamas, e seu médico também não encontra alterações durante o exame clínico, recomenda-se que comece a fazer mamografias a partir dos 40 anos, repetindo o exame 1 vez por ano durante toda a sua vida. Esta idade não é aleatória: sabe-se que o câncer de mama ocorre principalmente em mulheres acima de 50 anos, algumas entre 40 e 50. Não existe idade para parar, por isso mulheres idosas devem continuar fazendo o exame.
É possível que mulheres mais jovens tenham a doença, mas não é tão comum quanto a mídia faz parecer, por isso a obrigatoriedade do exame não se estende a elas, a não ser em situações especiais que serão explicadas mais tarde.

Ações do documento
« Abril 2014 »
Abril
SeTeQuQuSeSaDo
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930
Instituto Avon

Avon1
 

Américas Amigas

Logo Américas Amigas