Segunda, 15 Junho 2020 10:11

Estudo investiga uso de álcool e drogas por estudantes universitários brasileiros durante o período de isolamento social

Objetivo da equipe é entender a influência das consequências emocionais da quarentena no consumo de substâncias psicoativas nessa população

Portal Uso de álcool e drogas

Médicos(as) psiquiatras e pesquisadores(as) da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) - Campus São Paulo coordenam pesquisa que investiga o uso de álcool e drogas por estudantes universitários brasileiros durante o período de isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus.

O objetivo da equipe é entender a influência das consequências emocionais da quarentena no consumo de substâncias psicoativas nessa população, o que se torna  fundamental para a elaboração de políticas de enfrentamento do uso nocivo de substâncias e para o acesso a tratamento de dependentes químicos. Além disso, a ideia é identificar grupos de maior vulnerabilidade que merecem políticas específicas.  

O estudo tem como público-alvo alunos(as) de graduação, pós-graduação (especialização, mestrado ou doutorado) ou residência/especialização médica ou multiprofissional matriculados em instituições de ensino no Brasil. Para participar, é necessário responder um questionário on-line (clique aqui), cujo tempo estimado de preenchimento é de 10 a 15 minutos. Todas as informações coletadas pelo estudo serão confidenciais, e somente o(a) pesquisador(a) e/ou equipe de pesquisa terão conhecimento da identidade do(a) participante. Os dados coletados serão utilizados apenas para esta pesquisa. 

Para saber mais sobre como o isolamento e pandemia afetam o uso de substâncias psicoativas com o que já se sabe até o momento, acesse o vídeo produzido pelo grupo (clique aqui) da página do Instagram @drogas.no.isolamento.

 

Lido 2695 vezes Última modificação em Quinta, 18 Junho 2020 10:52

Mídia