Unifesp e Prefeitura de São Paulo reforçam parceria

 

Soraya Smaili e Nelson Sass durante reunião

Soraya Smaili e Nelson Sass durante reunião com o vice-prefeito de São Paulo, Bruno Covas

A Reitoria da Unifesp reuniu-se, na segunda-feira (17/7), com o vice-prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e com os secretários municipais de Saúde, Educação e Direitos Humanos e Cidadania para reforçar a parceria entre as duas instituições e solicitar apoio da Prefeitura de São Paulo para ações da universidade no município.

Participaram do encontro pela universidade a reitora Soraya Smaili, o vice-reitor Nelson Sass, a chefe de gabinete em exercício, Maria Angélica Pedra Minhoto, as assessoras de gabiente Ieda Longo Maugeri e Gabriela de Brelàz, o pró-reitor de Planejamento, Pedro Arantes, e o diretor do Departamento de Imóveis, Rodrigo Turini. Representando a prefeitura, estavam na reunião os secretários municipais da Saúde, Wilson Pollara, da Educação, Alexandre Schneider, e de Direitos Humanos e Cidadania, Eloísa Arruda. O encontro contou também com a presença de representantes do Movimento da Zona Leste, o Padre Ticão e Luis França.

Na reunião, foi discutido o Hospital São Paulo, hospital universitário da Unifesp (HSP/HU/Unifesp), e a retomada das atividades interrompidas do pronto-socorro. Está sendo elaborado um convênio entre a Secretaria Municipal da Saúde e HSP/HU/Unifesp para atuação no pronto-socorro e na futura Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Mariana, em fase de construção. "O pronto-socorro é um local fundamental para o aprendizado dos residentes, sendo primordial o seu pleno funcionamento", relatou Soraya.

Em relação ao Consultório Oftalmológico itinerante, que foi cedido à Unifesp pelos ministérios da Educação e da Saúde por cinco anos, acordou-se a incorporação do mesmo pela Secretaria Municipal de Saúde para ser utilizado dentro do Programa Dr. Saúde, que leva atendimentos médicos e exames para todas as regiões da cidade.

Como temas pertinentes ao Campus São Paulo, foram abordadas as doações ou cessões em longo prazo do local onde hoje funciona o Clube Escola Unifesp, de uma área ao lado do Instituto de Farmacologia e Biologia Molecular (Infar), cuja cessão atual é somente para uso como estacionamento, e de outra ao lado do futuro prédio de ambulatórios, atualmente utilizado como pátio da Companhia de Engenharia de Trafego (CET). "São áreas estratégicas para a universidade e temos bastante interesse em utilizá-las", reforçou o pró-reitor de Planejamento. Outras demandas estavam relacionadas à liberação dos alvarás de execução de obras de dois edifícios do campus: da Biblioteca Central e da Escola Paulista de Enfermagem, e à melhoria da iluminação das ruas da Vila Clementino, visando à segurança da comunidade acadêmica e da população.

O Centro de Antropologia e Arqueologia Forense (CAAF), que abriga o Grupo de Trabalho Perus, foi totalmente apoiado pela nova secretária de Direitos Humanos e Cidadania, Eloísa Arruda, que garantiu compromisso com o funcionamento do mesmo.

Foi também discutido o Instituto das Cidades do futuro Campus Zona Leste e o apoio na negociação com o governo federal para a liberação dos recursos e das vagas pactuadas com o Ministério da Educação, assim como apoio nos encaminhamentos junto à Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e questões de zeladoria e segurança.

"É fundamental que a gente possa atuar em parceria com a Unifesp. A cidade só ganha com isso", declarou o vice-prefeito ao final do encontro. "Queremos que essa parceria continue, com a realização desses e de muitos outros projetos em prol da cidade", finalizou Soraya. O prefeito João Dória encaminhou, também, seu compromisso e interesse no fortalecimento da parceria com a Unifesp.

Comitiva da Unifesp e Gabinete Prefeitua de São paulo

Fonte e Imagens : DCI-Unifesp

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse