Prof. Dr. Durval Rosa Borges é escolhido pelo Conselho Deliberativo do CNPq para o Título de Pesquisador Emérito, edição 2016.

Em 13 de abril de 2016, o Conselho Deliberativo do CNPq escolheu o Professor Dr. Durval Rosa Borges da Escola Paulista de Medicina para o Título de Pesquisador Emérito, edição de 2016. Instituído em 2005, o Título de Pesquisador Emérito é concedido, anualmente, ao pesquisador brasileiro, ou estrangeiro radicado no Brasil há pelo menos 10 anos, pelo conjunto de sua obra científico-tecnológica e por seu renome junto à comunidade científica. O título será entregue em cerimônia a ser realizada no Auditório da Escola Naval do Rio de Janeiro, no dia 04 de maio de 2016, às 18h.   

Durval-R-Borges-B.jpg.jpg

O Prof. Durval Rosa Borges formou-se na Escola Paulista de Medicina em 1967, obteve seu doutorado em Gastroenterologia em 1971 e livre-docência em 1990. Ingressou como Professor Adjunto na Disciplina de Gastroenterologia do Departamento de Medicina em 1972, tornando-se Professor Titular em 1992.

Em sua longa e produtiva carreira na EPM foi Chefe de Disciplina, Chefe do Departamento de Medicina e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Gastroenterologia.  Foi o primeiro Pró-Reitor de Graduação da UNIFESP, um dos criadores da Fundação de Apoio à Pesquisa da UNIFESP (FAP) e seu primeiro presidente.

Como pesquisador, o Prof. Durval coordenou grupo de pesquisas sobre aspectos clínicos e experimentais da hipertensão porta. Publicou mais de uma centena de artigos em revistas especializadas, que receberam 12 prêmios internacionais. Foi orientador de 21 mestres e 15 doutores.

A Escola Paulista de Medicina parabeniza e se congratula com o Prof. Durval pelo título recebido, reconhecimento justo e merecido por uma vida dedicada ao ensino e pesquisa.