Com participação da Unifesp, Senado discute criação do dia da conscientização sobre a Neuromielite Óptica


Denis Bichuetti, docente do Departamento de Neurologia da EPM, foi convidado pelo senador Romário para audiência pública

 No último dia 6 de dezembro, foi realizada no Senado Federal, em Brasília, uma audiência pública, proposta pelo senador Romário (Pode/RJ), para debater a criação do Dia da Conscientização sobre a Neuromielite Óptica, a ser comemorado todo dia 27 de março. Denis Bichuetti, docente do Departamento de Neurologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), foi um dos convidados para falar sobre o tema. A audiência faz parte dos trabalhos da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).

A Neuromielite Óptica é uma doença autoimune que afeta o sistema nervoso central e pode provocar cegueira, paraplegia e tetraplegia, mas que tem tratamento preventivo. Ela já foi considerada uma variante de esclerose múltipla, mas hoje é classificada como uma doença à parte. “Na EPM/Unifesp, já acompanhamos mais de 150 pacientes nos últimos 20 anos, falamos sobre a doença em congressos nacionais e internacionais, tanto apresentando trabalhos quanto como convidados para ministrar aulas”, explica Bichuetti.

Além do docente da EPM/Unifesp, participaram da audiência Soniza Alves Leon, professora associada de Neurologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pesquisadora na área de Neuromielite Óptica, e três pacientes portadores da doença.

Clique no link para acessar os vídeos da audiência: https://www12.senado.leg.br/multimidia/evento/77803

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse