Parasitologia

O controle sanitário engloba os controles parasitológicos, microbiológicos e virológicos e tme como objetivo monitorar a saúde e controle das infecções das colônias de camundongos e ratos produzidos no CEDEME.

Controle Parasitológico: serão utilizados métodos parasitológicos diretos para a pesquisa e identificação de ecto e endoparasitos presentes em animais. Estes métodos constituem: necropsia completa para observação de alterações macroscópicas, presença de lesões, de abscessos, secreções, tumores e para a coleta de material biológico como sangue total, plasma, soro, pelos, swabs de mucosas das vias respiratórias, orofaringe, ocular e genital, bexiga urinária e de conteúdo intestinal. 

Controle Microbiológico: As metodologias utilizadas para o monitoramento microbiológico das linhagens das colônias de camundongos e ratos incluem: isolamento e identificação de bactérias entéricas e respiratórias por meio do uso de meios de cultura de enriquecimento, meios de cultivo seletivos e diferenciais e aplicação de métodos de coloração como Gram e Fontana-Tribondeau (coloração pela prata).

Controle virológico: serão utilizados métodos sorodiagnósticos para identificação de vírus os quais são amplamente utilizados para a pesquisa de anticorpos séricos e consistem das seguintes técnicas: Imunofluorescência Indireta, Hemaglutinação, Inibição de Hemaglutinação, Microaglutinação direta, ELISA (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay). Serão utilizados métodos moleculares tais como a reação de transcrição reversa (RT-PCR) e a reação de polimerase em cadeia (PCR) disponíveis para identificação de vírus específicos presentes em amostras de sangue, tecidos e fezes de animais infectados.

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse