Perguntas Frequentes

Antes de começar, confira o Regimento Interno da Pró-Reitoria de Graduação. É lá que está documentado tudo sobre os assuntos relacionados à graduação e talvez responda suas dúvidas.

https://www.unifesp.br/reitoria/prograd/pro-reitoria-de-graduacao/informacoes-institucionais/todos-os-arquivos/category/69-regimento

 

1.  O que preciso para solicitar o bilhete de estudante SPTrans - EMTU - AESA?

Preencher o formulário na secretaria com as informações cadastrais corretas, após isso é só aguardar. Logo mais a secretaria enviará os dados preenchidos aos serviços de transporte (SPTrans - EMTU - AESA) solicitando o bilhete estudante. Quando estiver tudo pronto será emitido um boleto no valor de 7 tarifas, este que deverá ser pago para que seja iniciado o prazo de 30 dias de entrega do seu cartão à secretaria. Quando entregue, o aluno será avisado para retirada do bilhete estudante na Secretaria Acadêmica de Graduação. 

2. O que fazer em caso de falta?

As ausências às aulas poderão ser justificadas por requerimento específico e documentos comprobatórios protocolados na secretaria acadêmica do curso/campus. O prazo para efetuar o protocolo do requerimento será de 3 (três) dias úteis após o encerramento do período de afastamento, sendo vedado o recebimento fora do prazo.

São passíveis de justificativa, com direito à reposição das atividades acadêmicas, as faltas ocorridas por:

  • incapacidade temporária de até 15 (quinze) dias letivos;
  • falecimento do cônjuge, companheiro(a), pais, madrasta ou padrasto, irmãos, filhos, enteados e menor so guarda ou tutela do estudante;
  • apresentação de trabalho em evento científico ou participação em evento acadêmico, esportivo ou cultural como representante da Unifesp.

3. Como eu consigo o aproveitamento de estudos?

Os alunos que tem interesse em solicitar AE devem comparecer à Secretaria Acadêmica de Graduação do Campus São Paulo, portando os seguintes documentos:

  • Histórico Acadêmico da instituição de ensino superior onde realizou as atividades acadêmicas que deseja aproveitar, constando: nota, frequência e ano de realização das disciplinas (cópia e original para conferência);
  • Planos de ensino das disciplinas realizadas (cópias e originais para conferência);
  • Requerimento, disponível abaixo, impresso, assinado e devidamente preenchido com o nome e a carga horária das disciplinas cursadas em outra instituição de ensino superior e das unidades curriculares (UCs) correspondentes na UNIFESP de acordo com a matriz curricular constante no Projeto Pedagógico de seu curso (consultar documentos disponíveis na página de cada curso).

4. Perdi o meu crachá. O que eu faço?

Nos casos de extravio e perda não justificados, ou inutilização por falta de zelo, deverá ser recolhida pelo usuário, à conta única por Guia de Recolhimento da União - GRU, o valor de 10% do valor do salário mínimo vigente. Solicitar a confecção de um novo crachá na Secretaria de Graduação após o recolhimento do valor.

5. Perdi o período de rematrícula. Como proceder?

O período de rematrícula é dividido em 3 (três) etapas, cada uma destina um certo intervalo de tempo para que o aluno construa o seu conteúdo programático de acordo com as Unidades Currículares disponibilizadas para o termo em que ele se encontra no curso.

Caso sejam perdidas as três etapas de rematrícula, em até 5 dias após o termino dessas etapas, a pessoa pode recorrer a um pedido de prorrogação de rematrícula pela Secretaria de Graduação ou solicitar o pedido de trancamento para o corrente semestre letivo, nos termos dos artigos 115 a 118 do Regimento Interno da ProGrad.

Por isso fique atento às datas do calendário de rematrícula do seu curso!

Link para realizar a rematrícula: https://remat.unifesp.br/app/ (semestral) ; https://remat.unifesp.br/anual/index.php (anual)

6. Em que situações não é possível realizar o trancamento de matrícula?

 A pedido do estudante poderá ser concedido o trancamento de matrícula, por até dois semestres letivos. O trancamento respeitará a duração do período letivo, sendo vedado seu fracionamento.

É vedado o trancamento de matrícula ao estudante que:

  • estiver matriculado no primeiro ano do curso;
  • for transferido, no mesmo ano em que obteve a trasnferência;
  • estiver respondendo a processo disciplinar.

Salvo nos casos excepcionais e principalmente naqueles relacionados à doença grave ou incapacitante, o estudante poderá solicitar ao Pró-Reitor de Graduação o trancamento especial de matrícula.

7. O que são Unidades Curriculares Eletivas e Optativas? E como me inscrevo?

São disciplinas em que o estudante pode escolher em qual deseja realizar durante o seu período letivo. Eletivas são obrigatórias para todos os cursos, sendo que cada curso tem sua carga horária específica que deve ser realizada para que seja possível a conclusão deste. Já as optativas são UCs opcionais, sendo assim, não é obrigação do aluno realizá-las. Porém também são importantes, pois podem agregar muito no currículo além de abordarem temas que podem despertar o interesse do aluno. 

As inscrições para as Eletivas e Optativas acontecem geralmente no início do ano entre Fevereiro e Março, e na metade do ano entre Julho e Agosto. Durante esses períodos será disponibilizado um formulário (no site da Câmara de Graduação) que deve ser preenchido com as disciplinas escolhidas confirmando a inscrição.

8. O que são atividades complementares? E para que servem?

São componentes currículares que devem constar no currículo final obrigatoriamente. Cada curso da UNIFESP-SP exige uma certa carga horária de atividades complementares (ver matriz curricular do curso) que devem ser cumpridas ao longo do período letivo. Elas tem a função de aperfeiçoar o conhecimento, além de aplicar aquilo que é ensinado em aula em situações práticas com o objetivo de complementar a formação profissional do estudante.

São consideradas atividades complementares: Iniciação Científica (ICs), Estágios, Presença em palestras, etc. 

9. Como fazer o cadastramento na Biblioteca da UNIFESP-SP?

Apresentar um comprovante de residência e o número de crachá na recepção da biblioteca. Caso ainda não possua o número de crachá, basta ir até a biblioteca que lá eles farão um registro provisório para que seja possível o acesso ao acervo.

10. O que é necessário para realizar a transferência de curso?

 Poderão candidatar-se para a transferência de curso estudantes regularmente matriculados em instituições de ensino superior credenciadas pelo Ministério da Educação e que atendam aos seguintes requisitos:

  • frequentem curso reconhecido ou em processo de reconhecimento pelo Ministério da Educação;
  • tenham estudado por pelo menos 1(um) ano no curso de origem;
  • tenham obitdo aprovação em, no mínimo, 70% das Unidades Currículares cursadas no curso de origem;
  • não tenham sofrido qualquer penalidade disciplinar na instituição de origem.

11. Existe um sistema de revisão de provas?

Sim! É assegurado ao estudante de graduação o direito de obter vista de provas e de outros instrumentos avaliativos, assim como de solicitar a revisão das notas obtidas. É dever do docente da Unifesp permitir ao estudante a vista de provas durante o período letivo em que ocorre a Unidade Curricular.

Ao estudante que discordar do resultado obtido em prova será garantido o direito de interposição de recurso.Ou seja, solicitar uma nova revisão por um outro docente qualificado à disciplina da prova realizada.

12. O que é o CR? Como é calculado?

O coeficiente de Rendimento (CR) é o índice que mede, ao longo do curso, o desempenho acadêmico do estudante ao fim de cada período letivo. O valor do CR varia de 0 (zero) a 10 (dez) e se encerra na terceira casa decimal sem arredondamento. O CR é calculado semestralmente, com base em dois indicadores: nota final do estudante em cada UC e carga horária prevista de cada UC. O CR é a média ponderada das notas finais obtidas no período letivo, considerado como peso, a carga horária das respectivas UCs.

Vale lembrar que o CR é um dos critérios que determinam o desempate de seleção para alunos em UCs Eletivas e Optativas. Por isso é importante manter o CR em um valor alto.

13. Quanto tempo eu tenho para terminar o curso?

Essa pergunta se encaixa ao processo de Integralização do Curso, em que se estabelece um prazo máximo para conclusão de curso. Cada curso tem um prazo máximo definido de acordo com a sua carga horária total. Para mais informações acesse a parte de Integralização do Curso no site da Câmara de Graduação.

14. Que documentos tenho que apresentar na inscrição para colação?

Os alunos que quiserem solicitar a Colação de Grau devem imprimir o formulário disponibilizado (link abaixo), preencher, assinar e entregar na Central de Atendimento da Secretaria de Graduação, localizada no Complexo Didático, no prazo publicado semestralmente (ACOMPANHAR A PÁGINA DA SECRETARIA DE GRADUAÇÃO). O formulário poderá ser entregue por terceiros desde que esteja devidamente preenchido e assinado pelo requerente. Não são aceitos formulários digitalizados.

http://www.unifesp.br/reitoria/prograd/pro-reitoria-de-graduacao/informacoes-institucionais/todos-os-arquivos/category/130-informes?download=788:informe-colacao-1-sem-2018

15. Em quanto tempo fica pronto o meu diploma?

Não existe um prazo específico, mas geralmente adapta-se um prazo mínimo de 90 dias e um prazo máximo de 180 dias para que o diploma esteja disponível na Secretaria de Graduação para a retirada.