Prorrogadas as inscrições para programa de extensão “Direitos Humanos e Cultura de Paz” (Campus Baixada Santista)

O presente programa de extensão tem como objetivo geral oferecer aos estudantes interessados dos diversos cursos de graduação do campus Baixada Santista o contato com a temática da Cultura de Paz relacionada aos Direitos Humanos em teoria e prática, sendo fruto de uma parceria bem sucedida com o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania – CEJUSC – de São Vicente. O CEJUSC é uma unidade do Poder Judiciário que oferece, dentre outros serviços, a conciliação e a mediação como modo de resolução de conflitos. Os objetivos específicos do programa são: proporcionar treinamento em prevenção e resolução de conflitos; introduzir no contexto acadêmico os Estudos da Paz com leitura de textos e pesquisas; promover a aproximação às práticas de promoção da Paz e com as atividades do CEJUSC; capacitar estudantes como multiplicadores da Cultura de Paz na universidade e na sua prática profissional; produzir, a partir de ações e discussões teóricas, estudos, eventos e projetos voltados à realidade brasileira. A presente proposta envolve atividades de natureza teórica, observacional e participativa, que comporão diferentes ações, tais como: encontros e visitas presenciais no CEJUSC; participação nas atividades de formação em Justiça Restaurativa, com ênfase em práticas no contexto de violência doméstica e violação de direitos envolvendo crianças e adolescentes; criação de um grupo de estudos e de pesquisa em torno das temáticas relativas à cultura de paz, direitos humanos, violência e resolução de conflitos;observação e acompanhamento das práticas dos Círculos de Justiça Restaurativa do CEJUSC; produção de materiais e tecnologias de resolução de conflitos; elaboração, proposição e aplicação de práticas relacionadas à Cultura de Paz e resolução de conflitos no âmbito da comunidade universitária; elaboração de um canal de comunicação denominado “Observatório de Cultura de Paz e Direitos Humanos”; apresentação das experiências e produção teórica em eventos relacionados às temáticas.

Atividades propostas:
a) Criação de um grupo de estudos e pesquisa bibliográfica em torno das temáticas cultura de paz, educação para a paz, direitos humanos, violência e resolução de conflitos, com aprofundamento em trabalhos relevantes, a fim de suscitar reflexões acerca dos fundamentos e práticas existentes na área;
b) Encontros e visitas no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e cidadania – CEJUSC de São Vicente, para contato com práticas de prevenção e resolução de conflitos, bem como a participação em algumas delas;
c) Participação nas atividades de formação em Justiça Restaurativa do CEJUSC,
denominadas “Laboratório de Convivência: Curso Introdutório à Justiça Restaurativa”,
com ênfase em práticas de Justiça Restaurativa no contexto de violência doméstica e de violação de direitos envolvendo crianças e adolescentes.
d) Acompanhamento das práticas dos Círculos de Justiça Restaurativa desenvolvidos no
CEJUSC, a serem implantadas a partir do segundo semestre de 2015;
e) Produção de materiais e tecnologias de resolução de conflitos a serem aplicados em diferentes contextos;
f) Apresentação das experiências e produção teórica em eventos, bem como em artigos acadêmicos;
g) Elaboração, proposição e aplicação de práticas relacionadas à Cultura de Paz e
resolução de conflitos no âmbito da comunidade universitária, ampliando a permeabilidade com a sociedade nas ações de extensão;
h) Elaboração de um canal de comunicação denominado “Observatório de Cultura de Paz e Direitos Humanos”. Tal espaço virtual (site/blog) será dedicado à promoção da Cultura de Paz, com intuito de divulgar saberes, práticas, iniciativas, atores envolvidos com a cultura de paz, a fim de irradiar a Cultura de Paz para além dos espaços institucionais do projeto, ampliando seu escopo de atuação.
i) Idealização, planejamento e realização de um evento de Cultura de Paz e Direitos
Humanos, para divulgar práticas e saberes, articular atores, aprofundar conhecimentos em torno da temática.

Carga horária média semanal:
6 horas (encontros quinzenais às segundas-feiras no período da tarde e horários
alternativos a serem definidos com os extensionistas (quartas no período da tarde ou
noite; ou quintas no período da manhã ou tarde)

Locais:
- CEJUSC Rua José Gonçalves da Mota Jr. 212 – São Vicente
- Unifesp – Unidade Silva Jardim
- Serviço-Escola de Psicologia – Avenida Ana Costa, 95 (fundos)

Quantidade de vagas:
06 vagas

Processo seletivo:
Os interessados deverão enviar uma carta de intenções explicitando suas afinidades e os motivos pelos quais gostaria de participar do projeto para o e-mail: martins21@unifesp.br

Cronograma inicial:
23 de março a 15 de abril: Recebimento das cartas de intenção para participar do
projeto como extensionistas
17 de abril: agendamento das entrevistas
24 de abril: divulgação do resultado
27 de abril: início das atividades

Maiores informações:
e-mail martins21@unifesp.br ou telefone (13) 3523-5029 (falar com Eduardo)

 

 

 

 

 

Inscrições abertas para projeto de extensão "Cinema, subjetividade e Sociedade"

Resumo: O presente projeto de extensão pretende utilizar a produção cinematográfica como meio de produção e circulação de diferentes saberes, sob as mais variadas temáticas, em contextos transdisciplinares e multiculturais. Procura utilizar o cinema como ferramenta para favorecer a interlocução entre a produção de conhecimentos acadêmicos e as mais variadas formas de produção e transmissão de saberes da sociedade. Deste modo, pretende estreitar as relações entre academia e sociedade de modo a fortalecer laços existentes com dispositivos da cidade, bem como potencializar a criação de novas relações. Tem como objetivo geral oferecer espaços itinerantes de ensino, pesquisa e extensão que utilizem a produção cinematográfica para a reflexão, questionamento, produção e aprofundamento de questões ligadas ao processo de constituição das diferentes configurações subjetivas existentes na contemporaneidade. As atividades constituem: apresentações de filmes, dentro e fora da universidade, em parceria com variados projetos de ensino, pesquisa e extensão, com o intuito de suscitar afetos e reflexões acerca de temáticas pré-definidas; criação de espaços de circulação de saberes com base nos filmes apresentados; criação de diferentes materiais a partir dos espaços criados: material de pesquisa, audiovisual, textos, debates, entre outros, com aprofundamento, questionamento ou produção de saberes específicos. Dessa forma, procura-se estabelecer uma relação com as diversas demandas dos dispositivos utilizados e possibilidades que a Universidade oferece possibilitando uma sólida formação profissional aos discentes e retorno social às comunidades envolvidas, tendo como eixo norteador a relação teoria-prática e a articulação ensino, pesquisa e extensão.

PDInfra aprova em congregação licitação para implantação do Bloco 3 e construção de novo edifício no Campus Baixada Santista

A licitação será publicada em abril e estão pré-qualificadas cinco empresas de engenharia. O prazo de execução do projeto é de seis meses.

foto-congregacao-.jpg
Na manhã do último dia 12 de março, aconteceu a reunião ampliada da Congregação do Campus Baixada Santista, na qual foi aprovada, por unanimidade, uma importante etapa do Plano Diretor de Infraestrutura (PDInfra). Esta fase permitirá a licitação imediata de projeto para execução do Bloco 3 e de um edifício no terreno do antigo colégio Docas.

Na mesma Congregação foi assinada a compra de prédio da Unisantos, localizado na Rua Carvalho de Mendonça, que possui cerca de 5 mil m2. Ele abrigará temporariamente o Instituto do Mar. A edificação foi adquirida pelo valor de R$ 13,5 mi, parcelados até 2016, com recursos suplementares do MEC ao orçamento 2015 da Unifesp.

A licitação será publicada em abril e ficará aberta por 15 dias. Concorrerão cinco empresas de engenharia pré-qualificadas, e o prazo de execuçãodo projeto é de seis meses.

 

 

 

 

 

11.03.2015 - alunos do BICT-Mar obtêm ótimos resultados no Programa de Estágios da Petrobrás

Diversos estudantes do campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo, formados na Turma 01 ou ainda cursando o BICT-Mar, inscreveram-se e participaram do concurso para Selecão de Estudantes para o Programa de Estágios da Petrobrás.

Os resultados obtidos foram bastante expressivos com destaques para os alunos listados abaixo que foram classificados entre os melhores candidatos para as vagas destinadas à Engenharia do Petróleo na Baixada Santista.

  • Thaiane Gambarra Soares (5o. Termo do BICT-Mar) obteve o primeiro lugar para a vaga 2756/2015-1 para estágio em Engenharia do Petróleo;
  • Rafael Garcia Silveira (egresso do BICT-Mar e matriculado em Eng. do Petróleo e Recursos Renováveis) obteve o segundo lugar para a vaga 282/2015-1 para estágio em Engenharia do Petróleo;
  • Maria Eugênia Paleari de Azevedo (5o. Termo do BICT-Mar) obteve o segundo lugar para a vaga 2717/2015-1 para estágio em Engenharia do Petróleo;
  • Jamille Carvalho Rezende Borges  (egresso do BICT-Mar e matriculado em Eng. do Petróleo e Recursos Renováveis) obteve o quarto lugar para a vaga 282/2015-1 para estágio em Engenharia do Petróleo.
 
O Campus Baixada Santista da Unifesp parabeniza os selecionados nesta primeira fase. Estamos orgulhosos com o desempenho de todos e satisfeitos com a comprovação da qualidade do trabalho e do esforço de toda a comunidade (docentes, técnicos e discentes) do Departamento de Ciências do Mar.