Docente da Unifesp fala sobre sua pesquisa: "Superando os desafios tecnológicos e nutricionais na panificação sem glúten"

A Profa. Dra. Vanessa Dias Capriles, curso de Nutrição, foi convidada pela FAPESP para participar como palestrante da FAPESP Week Buenos Aires, que promoveu o evento visando à colaboração entre pesquisadores brasileiros e argentinos, no dia 07 de abril de 2015

O tema da pesquisa é "Superando os desafios tecnológicos e nutricionais na panificação sem glúten".

Confira no link a seguir o vídeo  com a entrevista, publicado no site da agência FAPESP: http://agencia.fapesp.br/videos/#yhTImSJduQA

 

 

 

 

 

 

 

Unidade Baixada Santista da Unifesp realiza atividades em prol do Fórum em defesa da Educação Superior Pública

Evento tem início às 8h30 e terá debates, mesa redonda e prestação de contas

 

Durante todo próximo dia 10 de abril (sexta-feira), o campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) realiza uma série de atividades em apoio ao Fórum em defesa da Educação Superior Pública, que será promovido pela Reitoria da instituição.

O Fórum é um espaço de debate e articulação para se discutir alternativas, sobretudo de financiamento, no contexto atual que se encontra a educação no país. A Unifesp convida a comunidade acadêmica, intelectuais, cientistas, sindicatos, movimentos sociais, reitores, prefeitos e parlamentares em defesa da educação superior pública.
A programação tem início às 8h30, com a transmissão online da Mesa de Debate, que será realizada em São Paulo, no prédio da reitoria da universidade. Os professores Plínio de Arruda Sampaio Jr. (Unicamp), Ruy Braga (USP) e Luiz Henrique Schuch (UFPel) debaterão sobre o tema “Conjuntura nacional: política econômica e social, e efeitos sobre a educação superior”.

Dentre as atividades, também estão programadas ações que acontecerão dentro do próprio campus da Baixada Santista, na unidade da Rua Silva Jardim, 136. A partir das 11h será apresentada palestra com o professor Daniel Vazquez, diretor do campus Guarulhos, que abordará a “Agenda econômica conservadora e ameaças às conquistas sociais”. O discurso será gravado e retransmitido às 19h.

Às 14h será feita uma prestação de contas do campus, com a apresentação da situação orçamentária e dos contratos vigentes com suas readequações. A programação ainda prevê rodas de conversa, debates, além da reprodução do filme ”Educação como Direito”, uma parceria entre a Universidade Aberta à Terceira Idade (Uati) e o Projeto de Extensão Cinema, subjetividade e sociedade: a Sétima Arte na produção dos saberes.

Durante todo o dia as atividades acadêmicas estarão suspensas para que toda comunidade possa participar do fórum. Mais informações estão disponíveis pelo link http://www.unifesp.br/reitoria/dci/assessoria-de-imprensa/educacao-superior-publica

 

 

 

 

 

Unifesp realiza recrutamento de voluntários com síndrome do túnel do carpo

Pesquisa oferece acompanhamento fisioterapêutico e de terapia ocupacional

O campus Baixada Santista da Unifesp realiza o recrutamento de voluntários para projeto de pesquisa, que oferece tratamento a pessoas com síndrome do túnel do carpo. O projeto oferecerá acompanhamento fisioterapêutico e de terapia ocupacional durante o período de 90 dias. Também indicará exercícios domiciliares e uso de órtese para punho, que tem sido um dos métodos mais recomendados.

O Projeto de Pesquisa CNPq Uso de Órteses na Síndrome do Túnel do Carpo é destinado a pessoas entre 25 e 65 anos, que tenham o exame de eletroneuromiografia que indique diagnóstico de síndrome do túnel do carpo. Os candidatos precisam ter disponibilidade para realização do tratamento às quintas ou sextas-feiras, na unidade I da universidade, localizado na Avenida Ana Costa, 95.

A pesquisa será coordenada pelas professoras Eliana Chaves Ferretti, Helga Tatiana Tucci e Maria da Conceição dos Santos. Os interessados devem entrar em contato com Danielle Figueiredo pelo telefone 13 99166-2276 ou pelo e-mail dani.figueiredo16@yahoo.com.br, ou com Mariana Leme pelos contatos 19 99502-1774 e mari_f_leme@hotmail.com

 

 

 

 

 

 

Prorrogadas as inscrições para programa de extensão “Direitos Humanos e Cultura de Paz” (Campus Baixada Santista)

O presente programa de extensão tem como objetivo geral oferecer aos estudantes interessados dos diversos cursos de graduação do campus Baixada Santista o contato com a temática da Cultura de Paz relacionada aos Direitos Humanos em teoria e prática, sendo fruto de uma parceria bem sucedida com o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania – CEJUSC – de São Vicente. O CEJUSC é uma unidade do Poder Judiciário que oferece, dentre outros serviços, a conciliação e a mediação como modo de resolução de conflitos. Os objetivos específicos do programa são: proporcionar treinamento em prevenção e resolução de conflitos; introduzir no contexto acadêmico os Estudos da Paz com leitura de textos e pesquisas; promover a aproximação às práticas de promoção da Paz e com as atividades do CEJUSC; capacitar estudantes como multiplicadores da Cultura de Paz na universidade e na sua prática profissional; produzir, a partir de ações e discussões teóricas, estudos, eventos e projetos voltados à realidade brasileira. A presente proposta envolve atividades de natureza teórica, observacional e participativa, que comporão diferentes ações, tais como: encontros e visitas presenciais no CEJUSC; participação nas atividades de formação em Justiça Restaurativa, com ênfase em práticas no contexto de violência doméstica e violação de direitos envolvendo crianças e adolescentes; criação de um grupo de estudos e de pesquisa em torno das temáticas relativas à cultura de paz, direitos humanos, violência e resolução de conflitos;observação e acompanhamento das práticas dos Círculos de Justiça Restaurativa do CEJUSC; produção de materiais e tecnologias de resolução de conflitos; elaboração, proposição e aplicação de práticas relacionadas à Cultura de Paz e resolução de conflitos no âmbito da comunidade universitária; elaboração de um canal de comunicação denominado “Observatório de Cultura de Paz e Direitos Humanos”; apresentação das experiências e produção teórica em eventos relacionados às temáticas.

Atividades propostas:
a) Criação de um grupo de estudos e pesquisa bibliográfica em torno das temáticas cultura de paz, educação para a paz, direitos humanos, violência e resolução de conflitos, com aprofundamento em trabalhos relevantes, a fim de suscitar reflexões acerca dos fundamentos e práticas existentes na área;
b) Encontros e visitas no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e cidadania – CEJUSC de São Vicente, para contato com práticas de prevenção e resolução de conflitos, bem como a participação em algumas delas;
c) Participação nas atividades de formação em Justiça Restaurativa do CEJUSC,
denominadas “Laboratório de Convivência: Curso Introdutório à Justiça Restaurativa”,
com ênfase em práticas de Justiça Restaurativa no contexto de violência doméstica e de violação de direitos envolvendo crianças e adolescentes.
d) Acompanhamento das práticas dos Círculos de Justiça Restaurativa desenvolvidos no
CEJUSC, a serem implantadas a partir do segundo semestre de 2015;
e) Produção de materiais e tecnologias de resolução de conflitos a serem aplicados em diferentes contextos;
f) Apresentação das experiências e produção teórica em eventos, bem como em artigos acadêmicos;
g) Elaboração, proposição e aplicação de práticas relacionadas à Cultura de Paz e
resolução de conflitos no âmbito da comunidade universitária, ampliando a permeabilidade com a sociedade nas ações de extensão;
h) Elaboração de um canal de comunicação denominado “Observatório de Cultura de Paz e Direitos Humanos”. Tal espaço virtual (site/blog) será dedicado à promoção da Cultura de Paz, com intuito de divulgar saberes, práticas, iniciativas, atores envolvidos com a cultura de paz, a fim de irradiar a Cultura de Paz para além dos espaços institucionais do projeto, ampliando seu escopo de atuação.
i) Idealização, planejamento e realização de um evento de Cultura de Paz e Direitos
Humanos, para divulgar práticas e saberes, articular atores, aprofundar conhecimentos em torno da temática.

Carga horária média semanal:
6 horas (encontros quinzenais às segundas-feiras no período da tarde e horários
alternativos a serem definidos com os extensionistas (quartas no período da tarde ou
noite; ou quintas no período da manhã ou tarde)

Locais:
- CEJUSC Rua José Gonçalves da Mota Jr. 212 – São Vicente
- Unifesp – Unidade Silva Jardim
- Serviço-Escola de Psicologia – Avenida Ana Costa, 95 (fundos)

Quantidade de vagas:
06 vagas

Processo seletivo:
Os interessados deverão enviar uma carta de intenções explicitando suas afinidades e os motivos pelos quais gostaria de participar do projeto para o e-mail: martins21@unifesp.br

Cronograma inicial:
23 de março a 15 de abril: Recebimento das cartas de intenção para participar do
projeto como extensionistas
17 de abril: agendamento das entrevistas
24 de abril: divulgação do resultado
27 de abril: início das atividades

Maiores informações:
e-mail martins21@unifesp.br ou telefone (13) 3523-5029 (falar com Eduardo)