Apresentação

O processo de expansão da Unifesp iniciou-se de forma efetiva com a fundação do Campus Baixada Santista em setembro de 2004. O cronograma de sua implantação foi negociado com o Poder Executivo da cidade de Santos e dos demais municípios da Baixada Santista, com o apoio da classe política local.


O campus Baixada Santista buscou suprir a demanda pela instalação de cursos que atendessem aos interesses da região, aliando a formação de recursos humanos à pesquisa, inovação e extensão. É constituído por uma unidade universitária – o Instituto Saúde e Sociedade –, atualmente com 1.836 estudantes matriculados nos sete cursos de graduação disponíveis: Fisioterapia, Psicologia, Educação Física (bacharelado – modalidade: saúde), Nutrição, Terapia Ocupacional, Serviço Social e bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar (BICT-Mar). Com exceção do BICT-Mar, que ainda não formou a primeira turma, os demais cursos já foram avaliados pelo MEC e receberam notas 4-5 (na escala de 0 a 5), figurando entre os melhores do país de acordo com o Enade.
Em nível de pós-graduação, são desenvolvidos os seguintes programas, com cerca de 200 estudantes inscritos: mestrado e doutorado Interdisciplinar em Ciências da Saúde, mestrado profissional no Ensino em Ciências da Saúde, mestrado em Alimentos, Nutrição e Saúde e mestrado em Análise Ambiental Integrada.


O compromisso com uma formação cientificamente qualificada e socialmente referenciada fundamentou inúmeros projetos de extensão e de pesquisa que fazem do campus um dos mais produtivos da Unifesp e um dos mais ativos na captação de recursos das agências financiadoras oficiais (Finep, Fapesp, CNPq e Capes) e de instituições privadas. Somente em 2008 e 2009, foram concedidos pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) subsídios de cerca de 2 milhões de reais, que permitiram implantar o Centro de Referência em Biologia e Epidemiologia Molecular, o Núcleo de Genômica e Proteômica e inúmeros outros laboratórios. Nessas plataformas são realizadas pesquisas em Ciências Biológicas e da Saúde, com a utilização de equipamentos de última geração por pesquisadores da Unifesp e de outras instituições da região. A produção científica resultante coloca a Baixada Santista no cenário mundial e ancora colaborações científicas com grupos de pesquisa nacionais e internacionais.


Atualamente o campus – que é constituído por cinco unidades, já possui mais de 10 anos de atividade acadêmica com significativas conquistas em sua trajetória, consolidando a educação superior pública nessa importante região do Estado de São Paulo.

 

 

 

 

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse