Alunos da EFLCH visitam a Escola Nacional Florestan Fernandes

Neste último sábado, 20/05/2017, cerca de 40 estudantes da EFLCH-UNIFESP, acompanhados da Prof.ª Dra. Mariângela Graciano, do Departamento de Educação, visitaram a Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF) situada em Guararema-SP, onde participaram do seminário “Educação como prática de liberdade: contribuição de Paulo Freire para uma pedagogia crítica” e conheceram seu projeto político-pedagógico. A ENFF foi construída entre os anos de 2000-2005 por meio do trabalho voluntário de mais de mil trabalhadores sem-terra e demais aliados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) com recursos adquiridos com a venda de fotos de Sebastião Salgado e do livro Terra (fotos de Sebastião Salgado, texto de José Saramago e música de Chico Buarque) e outras contribuições vindas das classes trabalhadoras de toda América Latina e outras partes do mundo.

O principal objetivo da Escola Nacional Florestan Fernandes se concentra na formação política dos militantes de movimentos e organizações sociais que se comprometem com a luta por um mundo mais justo e menos desigual. Frente aos acontecimentos do atual cenário político brasileiro, como as reformas trabalhista, educacional e previdenciária, e lastimáveis fatos, como as prisões arbitrárias de lideranças políticas e a morte de dez sem-terra nesta última quarta-feira (24/05), convém ressaltarmos a importância de projetos político-pedagógicos que desafiem e confrontem toda lógica que desdenha e esmaga nossos direitos à terra, à educação, à igualdade e à dignidade. Dessa forma, a experimentação na ENFF foi uma importante contribuição para nossa formação acadêmica e profissional, apresentando tantos outros tipos de metodologia quanto um conhecimento crítico sobre as estruturas econômicas de nosso país.

A discussão sobre o pensamento de Paulo Freire foi conduzida pela Prof.ª Dra. Lisete Regina Gomes Arelaro, do Departamento de Educação da USP. Paulo Freire foi um dos maiores educadores do mundo e um dos mais críticos pensadores contrários às formas conservadoras de educação de nosso país. Assim, a Prof.ª Lisete nos trouxe inúmeras reflexões sobre o pensamento dele, coadunados com os fundamentos e objetivos da Escola Nacional Florestan Fernandes. Sem dúvida, diante de todos os retrocessos causados pelas grandes forças econômicas de nosso país, esse sábado nos permitiu vislumbrar a esperança de que a luta, aliada ao processo de reflexão a partir de concepções políticas à esquerda, nos possibilitará alcançar nossos ideais de um mundo mais justo, mais igualitário e mais belo de se viver.

Karina Rufina e Marco Sabatini

EFLCH 

 

18698848 1341058932681608 594599223 o

 

18698960 1341053399348828 968389674 o

 

18720864 1341058802681621 520657662 o

18721041 1341058719348296 381401006 o

18721270 1341058859348282 262082340 o

18721513 1341058889348279 1710681781 o

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse