CURSO DE EXTENSÃO: JUDAÍSMO E REVOLUÇÃO - Lévinas e a Política

CURSO DE EXTENSÃO: JUDAÍSMO E REVOLUÇÃO - Lévinas e a Política

3as feiras das 16:00 às 17:30

sala 309

Inscrições pelo email: Yonathan Listik : listiky@mail.tau.ac.il

Informações:

https://sites.google.com/site/nurunifesp/atividades-do-grupo/judasmo-e-revoluo?pli=1

 

Título: “Judaísmo e Revolução- Levinas e a política”

Nome do proponente: Yonathan Listik

número de aulas propostas: 10 encontros

carga horária em horas: 15h

Proposta e Objetivos Do Curso: Esse curso funcionará como um grupo de estudos dedicado à análise do texto “Judaísmo e Revolução” presente no livro Do sagrado ao santo - cinco novas interpretações talmúdicas escrito por Emmanuel Levinas. Nesse texto de 1969, Levinas questiona a compatibilidade entre aquilo que ele chama de “estado greco-romano” e o judaísmo. Por meio de tal questão, Levinas aponta para um possível atrito entre esses dois conceitos. Trataremos, portanto, do significado desse estado e sua relação possível com o judaísmo afim de entender o que Levinas, através desse dilema, afirma sobre a política contemporânea. Segundo ele, sob a inspiração dos eventos 68 e sua atitude revolucionária, devemos pensar os princípios implícitos tanto na política vigente quanto nas alternativas oferecidas a partir da relação entre o particular e o universal, o mesmo e o diferente, homogêneo e heterogêneo. A partir do autor e dessas ideias, nos debruçaremos ao debate de temas relevantes e contemporâneos, como direitos humanos, exclusão, universalismo.  Os encontros funcionarão por meio de debates em torno dos textos propostos- a leitura dos textos será condição para a participação.    

Cronograma:

Primeiro Encontro: Leitura do texto “Judaísmo e Revolução” e discussão sobre as questões levantadas por Levinas. Essas serão também as questões que guiarão o grupo de estudos. Sendo a principal delas a compatibilidade entre aquilo que ele chama de “estado greco-romano” e o judaísmo. Entre as pautas que emergem dessa questão estão: a noção de política e sua relação com o judaísmo, a possibilidade de uma política judaica, a relação com o outro e o significado de ser judeu.

Segundo Encontro: Leitura de “Totalidade e o Infinito” afim de discutir o significado de totalidade, infinito e universalidade em Levinas. A questão central desse encontro será: o significado da ontologia como filosofia total e universal do ser. Dessa questão surge o debate sobre o argumento de Levinas que a verdadeira primeira filosofia deve ser a ética pois existe uma impossibilidade de se pensar o infinito do Outro partindo de uma pensamento total e universal. 

Terceiro Encontro: Leitura do capitulo “Towards the other” no Nine Talmudic Readings de Levinas afim de discutir o conceito de Outro nas fontes judaicas através da leitura que Levinas faz do Talmud.

Quarto Encontro: Leitura do capitulo “El descobrimento del hombre como projimo” em Religião da Razão a partir das Fontes do Judaísmo Hermann Cohen afim de discutir a noção de Outro no judaísmo. Fazer uma comparação entre os argumentos apresentados por Levinas no encontro anterior com os de Cohen.

Quinto Encontro: Leitura de “Metafisica e Violencia” de Derrida afim de discutir a posição ética apresentada por Levinas por um ângulo crítico. Derrida apresenta a possível violência inerente a qualquer filosofia e também naquela defendida por Levinas.

Sexto Encontro: Leitura de “Para além do estado no estado” em Novas Interpretações Talmúdicas de Levinas afim de debater as noções de estado, política e justiça por meio de uma leitura talmúdica.

Sétimo encontro: Debater o significado de ser judeu segundo Levinas através da leitura de “Being Jewish”. Confrontar com a definição apresentada em Blanchot (“Ser Judeu” em Conversa Infinita).

Oitavo Encontro: O ser judeu para Levinas na leitura de Derrida em “Adeus a Emmanuel Levinas”. Debater o significado e a herança moral judaica através da leitura que Derrida faz do legado de Levinas.

Nono Encontro: Debater o papel do judeu como o Outro em Sartre (A questão judaica) e Lyotard (Heidegger e os Judeus). Falar do particularismo judaico. 

Decimo encontro: Releitura do texto “Judaísmo e Revolução” e retomada das questões diante das discussões propostas ao longo dos encontros. Debater as noções de universalismo e particularismo tanto judaico, quanto político. Questionar a existência de uma política judaica e o papel do judaísmo na política “convencional”. Concluir com uma tentativa de responder à questão proposta por Levinas sobre a compatibilidade do “estado greco-romano” com o judaísmo passando pela sua análise do conceito de Outro.                

BIBLIOGRAFIA  

  • Do sagrado ao santo - cinco novas interpretações talmúdicas. Levinas
  • Ética e o Infinito Levinas
  • Novas Interpretações Talmúdicas Levinas
  • Being Jewish Levinas
  • Nine Talmudic Readings de Levinas
  • Humanismo do outro homem Levinas
  • Autrement qu’être ou au-delà de l’essence Levinas
  • Religião da Razão a partir das Fontes do Judaísmo Hermann Cohen
  • A Questão Judaica Sartre
  • Judaïsme et Révolution Ivan Segre
  • Heidegger e os Judeus Lyotard
  • “Ser Judeu” em Conversa Infinita Maurice Blanchot
  • “Metafisica e Violencia” Derrida
  • Adeus a Emmanuel Levinas Derrida

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse