Quinta, 07 Janeiro 2021 09:00

Unifesp e Ministério da Justiça firmam termo para construção do Centro de Estudos da Ordem Econômica

Nuvem CEOE Portal

Em uma ação conjunta de docentes da Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (Eppen/Unifesp) - Campus Osasco e Diretoria do campus, das Pró-Reitorias de Planejamento (ProPlan) e de Administração (ProAdm), da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São Paulo (FapUnifesp) e do Gabinete da Reitoria, a Unifesp recebeu, em 30 de dezembro de 2020, o Termo de Execução Descentralizada (TED) do Fundo de Direitos Difusos. O TED foi imediatamente assinado, e os recursos da primeira parcela, empenhados no dia 31 de dezembro, de acordo com o cronograma que seguirá ao longo de todo o ano de 2021 até 2023.

O termo teve como objeto a criação do Centro de Estudos da Ordem Econômica (CEOE/Unifesp), que terá a finalidade de ampliar a capacidade de produção de conhecimentos interdisciplinares e de subsídios para a execução de políticas públicas nas áreas de regulação, concorrência, cidadania e governança pública. O valor total do projeto é de R$ 21.243.454,84. Destes, R$ 14 milhões serão destinados para a construção da biblioteca do campus definitivo da Eppen/Unifesp, onde também estará instalado o CEOE.

De acordo com a diretora do Campus Osasco, Prof.ª Luciana Onusic, é uma importante conquista, que consolida um projeto que já vem sendo desenvolvido, especialmente neste ano, quando a Eppen completará 10 anos de existência. O campus deverá discutir agora como realizar a gestão do novo CEOE, em consonância com a Diretoria e com os professores envolvidos.

Foi um trabalho de muitas pessoas e estruturas, a ProPlan na prospecção do edital, a Diretoria do campus junto com os pesquisadores para a formulação do projeto, a ProAdm para a consolidação da parte técnica, com inúmeros detalhes e legislações, além da agilidade dos processos da FapUnifesp, além do acompanhamento em Brasília, junto ao Ministério da Justiça, realizado pelo Gabinete da Reitoria. “É uma demonstração de que a unidade e o trabalho conjunto produzem resultados importantes. A Unifesp tem grande potencial, tem pessoas talentosas e que trabalham muito. É uma conquista da inteligência e do trabalho, além da ação conjunta em prol de um bem maior, que é a nossa universidade” afirmou a reitora Soraya Smaili. “Como a instituição recebeu recursos adicionais para a obra do edifício principal de Osasco em 2020, da ordem de R$ 4,556 milhões, teremos o campus definitivo, com muita esperança, em 2021”, concluiu.

Lido 1187 vezes Última modificação em Quinta, 14 Janeiro 2021 10:01

Mídia