Segunda, 28 Agosto 2017 12:41

Reitoria da Unifesp e Diretoria da EFLCH se reúnem com a Prefeitura de Guarulhos

Encontro teve como objetivos reforçar a parceria já existente entre as instituições e solicitar apoio em questões de segurança, educação e espaços físicos

Por José Luiz Guerra

Na tarde do último dia 23 de agosto, reitora da Unifesp Soraya Smaili e a diretora da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH/Campus Guarulhos), Magali Aparecida Silvestre, reuniram-se com o prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (Guti). O encontro, que ocorreu na prefeitura, teve como objetivo reforçar a parceria já existente entre a universidade e o município e discutir questões ligadas à segurança, educação e espaço físico.

Também participaram da reunião, por parte da Unifesp, o vice-diretor acadêmico da EFLCH, Janes Jorge e a assessora do Gabinete da Reitoria, Gabriela de Brelàz. Por parte da Prefeitura de Guarulhos estiveram presentes o vice-prefeito e secretário da Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Alexandre Zeitune e o secretário de Assuntos Difusos, Lameh Smeili.

Soraya Smaili iniciou a reunião agradecendo ao prefeito pela oportunidade do encontro e falou sobre a história da Unifesp na cidade de Guarulhos, que completa 10 anos em 2017. “Temos um campus remodelado e estruturado, onde estudam mais de 3 mil alunos de graduação e mais de 500 de pós-graduação”. A reitora também citou as atividades de extensão desenvolvidas pela EFLCH, como o Cursinho Popular Pimentas Unifesp (CPPU), o Memorial Digital do Refugiado (MemoRef) e outras ações que beneficiam a comunidade do Bairro dos Pimentas e a população guarulhense de uma forma geral.

Discutiu-se o andamento do processo de doação de terrenos localizados próximos ao campus para a construção da moradia estudantil, além de uma creche, de responsabilidade da prefeitura. Guti reafirmou o compromisso da cidade em apoiar a Unifesp no que for possível. “A Unifesp é uma das principais universidades de um país que carece de educação superior pública”, comentou. Existe a demanda da abertura de uma rua atrás do campus, o que melhoraria a segurança das pessoas da comunidade que circulam no entorno. Também foi solicitada a melhoria na iluminação e na sinalização das vias públicas do entorno do campus, além da reativação da parceria com a prefeitura para a revitalização do Teatro Adamastor, situado dentro do campus.

Magali Silvestre apresentou aos membros da Prefeitura algumas atividades acadêmicas de extensão, contrapartidas oferecidas pela EFLCH/Unifesp para a comunidade, especialmente em relação à formação de professores. “Criamos a residência pedagógica, um modelo único no Brasil no qual os estudantes de Pedagogia atuam em escolas de educação infantil e de ensino fundamental do município”. A diretora também falou sobre os programas de iniciação à docência e as inúmeras atividades oferecidas aos professores da rede pública e à comunidade em geral.

Ao final da reunião, a Reitoria da Unifesp e Direção da EFLCH/Unifesp convidaram a gestão municipal a conhecer as instalações do campus.

Reitoria da Unifesp e Diretoria da EFLCH/Unifesp, Campus Guarulhos, reunidos com o prefeito de Guarulhos e sua equipe
Reitoria da Unifesp e Diretoria da EFLCH/Unifesp, Campus Guarulhos, reunidos com o prefeito de Guarulhos e sua equipe

Lido 5824 vezes Última modificação em Quarta, 22 Novembro 2017 17:03

Mídia