Segunda, 27 Junho 2016 11:39

A Unifesp quer condições de ensino com qualidade!

Esta foi a notícia dada à comunidade acadêmica de São José dos Campos durante o encontro com a reitora

Por Mariane Santos

Reuniao SJC 04

A reitora, Soraya Smaili, esteve na quinta-feira (23/6) no Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT/Unifesp), Campus São José dos Campos, a convite do Centro Acadêmico Ada King (CAAK), órgão representativo dos estudantes do instituto, para participar de uma reunião aberta com a comunidade acadêmica.

A proposta foi debater com os presentes (alunos, docentes e técnicos administrativos) a real situação que a universidade passa com a falta de recursos orçamentários e financeiros para a manutenção de atividades.

Soraya já iniciou sua fala confortando a todos e salientando a importância de haver diálogo e divulgar corretamente o que está acontecendo na Unifesp, discutir o que pode ser feito diante da difícil conjuntura do momento.

“No que depender de nós não vamos parar. A obrigação da gestão é continuar, atuar para conseguir as condições necessárias para o ensino, pesquisa e extensão com qualidade e excelência. Ocupar a universidade toda, ter aulas, debates, porque a universidade é nossa e não queremos que tenha prejuízos. O momento é delicado, aguardamos liberação de orçamento contingenciado, mas se tivermos problemas, vocês serão os primeiros a saber”, disse a reitora.

Por ora, também mostrou o orçamento de custeio e do Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), que estão em contingenciamento, e as dificuldades que essa situação implica com os contratos dos Restaurantes Universitários (RU's); as formas de ajustes adotados e diminuição de contratos adotados; e a economia gerada com toda essa atitude. “Por enquanto, as bolsas de permanência estão garantidas e se tivermos a liberação de 20% do custeio, orçamento previsto na Lei Orçamentária Anual, e do PNAES, a assistência estudantil não terá prejuízos em 2016. Mas, temos que continuar trabalhando pelo orçamento de 2017”, explicou Soraya. Foi possível, também, apresentar os gastos do Campus São José dos Campos e as economias e ajustes que estão sendo realizados no local.

“Nas últimas semanas participamos de reuniões com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab. Também houve reunião com o Ministério da Educação e a Unifesp levou suas pendências ao Secretário de Ensino Superior, Paulo Barone, na última terça feira, 21 de junho. Foi afirmado que haverá liberação das verbas, vamos aguardar", informou.

Ela aproveitou o momento para fazer uma breve apresentação e trouxe à coletividade um breve histórico das reformas e estatutos relacionados à paridade e o formato para a consulta e escolhas.

Outros assuntos foram levados à discussão pela comunidade acadêmica como a segurança do campus, a entrada sem identificação no local, transporte, manutenção de prédio adquirido recentemente pela instituição, manutenção de equipamentos, utilização da cozinha do campus, funcionamento da biblioteca, verba para a secretaria de Extensão, ente outros assuntos que foram prontamente respondidos pela reitora e a vice-diretora do campus, Cláudia Campos.

Encontros assim vêm acontecendo também em outros campi e, intitulado como “Diálogos com a reitora”, traz à prática formas de debater assuntos ligados à instituição.

Reuniao SJC 01 Reuniao SJC 02

 

Lido 6856 vezes Última modificação em Quarta, 13 Julho 2016 14:01

Mídia