Terça, 24 Maio 2016 19:13

Unifesp e Escola do Parlamento fecham parceria para ofertar curso de extensão em Direitos Humanos

Serão oferecidas 450 vagas entre munícipes da cidade de São Paulo e da comunidade Unifesp

Por Mariane Santos

Parlamento 1

Na manhã de terça-feira (24/5), a reitora da Universidade Federal de São Paulo, Soraya Smaili, e o presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Antonio Donato, assinaram o convênio entre universidade e a Escola do Parlamento, na sede da câmara, que oficializa a parceria para a oferta do curso de extensão em Direitos Humanos voltado à comunidade acadêmica e aos munícipes. 

É um curso na modalidade a distância que acontecerá entre agosto e novembro e será composto de três módulos com duração de cinco semanas cada que podem ser cursados integralmente ou separados: 1 – Fundamentos Filosóficos e Históricos dos Direitos Humanos e a construção dos marcos regulatórios; 2 – Direitos Humanos: sociedade, cultura e educação; e 3 – Direitos Humanos: resistências e combate às opressões na sociedade brasileira.

Há 150 vagas disponíveis por módulo, totalizando 450 no total, sendo 300 para munícipes selecionados pela Escola do Parlamento e os demais 150 serão da comunidade Unifesp (alunos e técnicos administrativos), escolhidos pela equipe coordenadora do curso junto à Pró-reitoria de Extensão e Cultura (PROEC) da Unifesp.

O objetivo é ofertar ações de formação que provoque, motive e subsidie a efetivação de práticas, atitudes e processos geradores de uma cultura pautada pelos fundamentos e conquistas dos direitos humanos.

Para Antonio Donato, essa parceria será o primeiro passo de muitos. “Valorizamos essa oportunidade de ter a Unifesp com a gente, uma universidade de qualidade, pública. Sem dúvida, nos agrada muito essa cooperação”.

“É uma parceria que junta o desejo da universidade com a câmara em interagir com a sociedade, com os munícipes da cidade. É uma satisfação atender a essa parcela da população que a Escola do Parlamento indicar e abordar as questões de gênero, violência humana, drogas, entre outros assuntos”, disse a reitora da Unifesp.

Ela ainda ressaltou a importância do ensino a distância para a realização desse e de diversos outros cursos que a universidade dispõe dentre os 32 polos existente no Estado de São Paulo.

Também estiveram presentes no ato, pela Unifesp, Nicanor Pinto, representando a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, Cícero Inácio da Silva, da Secretaria de Educação a Distância (SEAD) e Javier Amadeo, assessor do gabinete da Reitoria. Pela Escola do Parlamento, Christy Pato, diretor presidente, e Lara Mesquita, diretora acadêmica.

Os alunos têm até o dia 12 de junho de 2016 para efetuar a inscrição. O edital contendo informações detalhadas do curso estão disponíveis na página da PROEC. Já a inscrição para os técnicos administrativos estará disponível a partir do dia 30 de maio por meio da Pró-Reitoria de Gestão com Pessoas.

Portal 2

Da esquerda para a direita: Cícero Inácio da Silva, Javier Amadeo, Antonio Donato, Soraya Smaili, Christy Pato, Nicanor Pinto e Lara Mesquita.

 

 

Lido 7272 vezes Última modificação em Quinta, 23 Novembro 2017 17:19

Mídia