Terça, 23 Fevereiro 2016 14:54

Proposta do Curso de Direito da Unifesp será apresentada em breve ao MEC

Unifesp convida Maria Paula Dallari Bucci, professora de Direito da USP, para discutir o projeto pedagógico do curso

Por Ana Cocolo

Na manhã desta segunda-feira (22/02), a reitora da Unifesp, Soraya Soubhi Smaili, pró-reitores e docentes reuniram-se com Maria Paula Dallari Bucci, professora da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) e ex-secretária de Educação Superior do Ministério da Educação (2008-2010), para uma explanação sobre a implantação do primeiro curso de Direito em universidade federal na Grande São Paulo.

Em julho de 2015, durante sessão ordinária do Conselho Universitário, órgão máximo da Unifesp, foi aprovada a decisão da comissão nomeada pelo conselho, sobre a indicação do curso de Direito para o Campus Osasco, que vinha sendo discutido desde 2009, juntamente com o processo de expansão da Unifesp. O curso está previsto para ser introduzido na instituição até o segundo semestre de 2017.

A pró-reitora de Graduação, Maria Angélica Pedra Minhoto, apresentou um breve histórico da infraestrutura e da produção da universidade, antes de iniciar a discussão sobre a importância estratégica de um curso de Direito na região.

De acordo com a reitora, a proposta do curso está muito fortalecida pelo amplo projeto pedagógico, que tem como objetivos específicos dialogar com própria concepção da EPPEN, principalmente com os cursos de administração pública e relações internacionais do campus, e com a sociedade civil. “Também estamos vislumbrando a internacionalização do curso, com a perspectiva de dupla titulação entre o Brasil e a Espanha”, explicou. “O diálogo com a Universidade de Salamanca, que possui um dos cursos de Direito mais tradicionais e antigos do mundo, já está acontecendo”.

Para Maria Paula Dallari – que acompanhou parte do processo de expansão da Unifesp – a instituição assumiu um desafio enorme, explorando os melhores potenciais de cada região onde os campi foram instalados. “Esse processo de consolidação tem tudo para florescer e dar bons resultados e a escolha do campus Osasco para a implantação do curso de Direito foi muito bem pensada e amadurecida desde o início, âmbito do Reuni”, afirmou. “A vocação da região, os melhores potenciais estudados e o plano pedagógico como está estruturado, com ênfase da pós-graduação, são pontos que contam a favor, já que São Paulo é desprovida de vagas suficientes nessa área dentro do ensino público”.

Maria Paula participa do processo de reforma curricular do curso de Direito da USP e tem vasta experiência profissional em Direito Público, atuando principalmente nos seguintes temas: direito público, direito administrativo, políticas públicas, direito educacional, educação superior e inovação tecnológica. Sua obra “Fundamentos para uma Teoria Jurídica das Políticas Públicas”, conquistou, em 2014, o Prêmio Jabuti (categoria Direito, 3º lugar).

IMG 8259

Maria Paula Dallari Bucci, à esquerda, durante reunião que discutiu o projeto pedagógico do novo curso

 

Lido 11050 vezes Última modificação em Quinta, 23 Novembro 2017 17:47

Mídia