Terça, 03 Novembro 2015 15:54

Núcleo de Formação Sociocultural promove ações na zona leste de São Paulo

Os cursos de extensão são destinados às pessoas com deficiência e pessoas idosas da região

Núcleo de Formação Sociocultural na Zona Leste da Cidade de São PauloNúcleo de Formação Sociocultural na Zona Leste da Cidade de São Paulo imagem 2Núcleo de Formação Sociocultural na Zona Leste da Cidade de São Paulo imagem 3

Fotos: Tião Soares

Em sua segunda fase iniciada em outubro de 2015, as atividades dos cursos de extensão e cultura na zona leste de São Paulo estão sendo realizadas em parceria com a Associação da Casa dos Deficientes de Ermelino Matarazzo (ACDEM), que cedeu à Unifesp espaço para as atividades.

Nessa fase, estão em andamento os cursos de extensão de cunho educativo e cultural – de 36 e de 48 horas – dirigidos às pessoas com deficiência e pessoas idosas da região. São cinco turmas:

-Workshops de dança brasileira contemporânea destinada a pessoas idosas, com a monitora Andrea Costa Soares;
-Lembranças ressignificadas e construção de novas memórias: práticas artísticas para pessoas idosas, com a monitora Camila Teixeira Costa;
-Práticas Artísticas para Pessoas com Deficiência, com a monitora Josivete Pereira da Silva;
-Fotografia – destinada a pessoas com deficiência – e Fotografia – destinada a pessoas Idosas, com a monitora Fernanda Procópio Mangiullo;

As monitoras têm a colaboração das auxiliares de Monitoria Daniela de Oliveira Sabino e Juciléia Alves dos Santos. Todas elas foram selecionadas por editais da Fap-Unifesp, que apoia o projeto.

A coordenação institucional dos cursos é das professoras Florianita Braga Campos e Ana Hoffmann. Tião Soares é o coordenador para as atividades presenciais.

Os cursos acontecem até o final do ano, uma vez por semana, na ACDEM, que está localizada na Rua Miguel Rachid, nº 596.

Este projeto é uma parceria da Unifesp com o Ministério da Cultura e é fruto de mobilização do movimento cultural da zona leste junto a esse ministério. Entre os objetivos do projeto estão o incentivo à capacitação da comunidade local para o aperfeiçoamento de ações educativas, culturais e de intervenção social, propiciando o desenvolvimento de ações autônomas da comunidade, além do fortalecimento das relações e articulações da Unifesp com movimentos sociais e culturais da região.

A Unifesp, com a perspectiva de instalar seu novo Campus na zona leste, a partir de 2016, utilizará as primeiras instalações para atividades de extensão universitária no antigo terreno da Fábrica Gazzarra, na Avenida Jacu-Pêssego/Nova Trabalhadores (para mais informações, acesse: https://www.unifesp.br/campus/zonaleste/).

Enquanto isso, estabelece parcerias na região para dar sequência às atividades, mantendo contato com entidades e movimentos culturais da Zona Leste a fim de mobilizar, conhecer e melhor atender as expectativas locais.

Em 2014, foram finalizadas turmas de quatro cursos do projeto: Sonoplastia; Oficinas "Memória Viva Tietê" (Várzea Do Baixo Tietê); Oficina de Audiovisual/Cinema; O Teatro e o Corpo.

A continuidade do projeto, até 2016, prevê os seguintes cursos para jovens e adultos que atuam na área: Criação e Introdução à Dramaturgia “Literatura em Ação”; O Teatro e o Corpo; Cenotécnica; Figurino; Iluminação; Aproximação com o Universo Museal; Mapeamento Social, uma Cartografia Sensível.

 

Lido 5971 vezes Última modificação em Terça, 08 Dezembro 2015 10:26

Mídia